O QUE FAZER NO DIA DAS CRIANÇAS – DICAS DE BRINCADEIRAS

No post de hoje iremos apresentar várias dicas de atividades para o Dia das Crianças (12 de outubro). Brincadeiras e atividades são essenciais para desenvolver o potencial de cada um dos pequenos, além de ser um momento único de conexão e diversão.

No cotidiano estamos acostumados a desenvolver habilidades específicas, principalmente no ambiente escolar, mas além dos conhecimentos que são repassados nas escolas, que são diversos e muito importantes, também temos habilidades que podem, e devem ser desenvolvidas desde a infância. As escolas buscam cada vez mais sair do ensino tradicional e oferecer outras formas de ensino, dessa forma as crianças podem se adaptar melhor com uma ou outra maneira de aprender.

São 5 áreas de desenvolvimento: cognitivo, linguístico, social e emocional, sensorial e corporal-cinestésica. Aos poucos, pesquisadores incluem outras inteligências nessas áreas, mostrando o quanto a inteligência pode se manifestar de diversas maneiras.

Cognitivo

Também chamada de inteligência intelectual, ela pode ser caracterizada pela capacidade de cada um de manipular informações e responder a elas.

Desenvolvendo essa habilidade brincando

Estimulando o raciocínio lógico e a concentração

  • Realize atividades que envolvam perguntas e adivinhações para as crianças, por exemplo, o que acontece se a comida ficar muito tempo fora da geladeira?
  • Essa simples pergunta faz com que o seu filho imagine situações que possam ocorrer com o alimento. Desse modo, a criança é estimulada e obtém maior conhecimento, desde que você forneça a resposta certa.
  • Para estimular a concentração, uma alternativa interessante é a famosa brincadeira do “Vivo e Morto”, em que as crianças ficam respectivamente em pé e agachadas após a pronúncia dessas palavras. Oferecer subsídios para as crianças manterem o foco nas atividades é bastante positivo para elas não perderem.

Linguístico

É a inteligência que envolve todas as capacidades relacionadas com a linguagem humana, tais como: Aprendizagem de idiomas, comunicação de ideias, sensibilidade à linguagem oral e escrita, entre outras.

Desenvolvendo essa habilidade brincando

Brincando de rimar

  • Durante uma música são apresentados alguns exemplos de rimas e as crianças são convidados a participar da brincadeira.
  • Que tal brincar de rimar durante as atividades da rotina? O que rima com cama? banana; E com dormir? (sorrir).
  • Além de ampliar o vocabulário, as rimas auxiliam na consciência sobre os fonemas e estimulam a memória das crianças.

Social e emocional

Essa inteligência está relacionada a aspectos interiores do indivíduo. Ela envolve a forma que lidamos com as emoções e interação com o outro, como essas relações influenciam suas emoções.

Desenvolvendo essa habilidade brincando

Uma forma de auxiliar a criança a conhecer os seus sentimentos, também é uma oportunidade para acompanhar o que acontece com a criança.

Pote das emoções

  • Você vai precisar de alguns potes transparentes (de vidro ou plástico), mas também pode utilizar sacos plásticos, se preferir.
  • Separe materiais como lã ou bolinhas, sempre na mesma quantidade, para preencher os recipientes. E nomeie cada um dos potes com uma das emoções: alegria, tristeza, medo, raiva, calma, frustração, vergonha.
  • Como parte do ritual diário, separe um momento para interagir com o pequeno, compartilhando casos do dia e pedindo que ele indique como se sentiu em cada uma das situações.
  • Utilize a lã para que a criança preencha o recipiente e demonstre o impacto daquela emoção no dia.

Sensorial

A criança passa a ter ciência do mundo a que pertence. Os estímulos sensoriais estão ligados aos sentidos do corpo, pA criança passa a ter ciência do mundo a que pertence. Os estímulos sensoriais estão ligados aos sentidos do corpo, paladar, olfato, visão, audição e tato.

Desenvolvendo essa habilidade brincando

O passo a passo de como fazer uma horta em casa

  • Defina o espaço, considerando a incidência do sol e os recipientes onde as plantas serão cultivadas. Caso você tenha terra em casa, reserve um local apenas para trabalhar com o auxílio das crianças.
  • Se não houver um jardim em casa, opte por colocar os vasos em local com meia-sombra, de maneira que jamais fiquem 100% expostos à luz solar nos horários de maior temperatura.
  • Observe a sua área de cultivo disponível e escolha hortaliças que costumam se adaptar melhor a ela. Existem plantas que prosperam melhor em determinados locais, com mais ou menos sol, chuva, entre outros fatores.
  • Tenha cuidado com as ameaças, insetos e até plantas daninhas precisam ser controladas. Hortaliças geralmente atraem bichos, o que pode ser um problema, especialmente para as crianças. Quanto a plantas daninhas, elas podem roubar nutrientes e ocupar espaço de maneira parasitária. Por isso, tire-as de perto da sua plantação.
  • Faça um adubo caseiro, com um buraco na terra e restos de folhas, ovos e cascas de frutas. Cobrindo com terra e água, você consegue criar um adubo excelente para plantar.
  • Pronto! Assim você já tem como fazer uma horta em casa para trabalhar com as crianças. Entre outros benefícios, esse é um jeito de apresentar questões como a sustentabilidade e de tratar do meio ambiente dentro de casa.

Corporal-cinestésica

Se trata da conexão entre o corpo e a mente. Abrange o uso que a criança faz do seu próprio corpo por meio de habilidades cognitivas.

Desenvolvendo essa habilidade brincando

Que tal reproduzir no mundo real o jogo favorito da criança?!

  • Essa
  • Essa brincadeira desenvolve equilíbrio, lateralidade (predominância motora de um dos lados do corpo) e noção espacial, além de ser uma ótima forma de se imaginar dentro de um videogame.
  • É possível montar uma trilha de várias formas, com materiais diversos, aqui vão algumas sugestões: almofadas, fitas e tapetes.
  • Usar as oportunidades disponíveis no chão, como caminhos de blocos de pedra ou o desenho com pedrinhas de cores diferentes no quintal para delimitar as áreas onde pode e não pode pisar.
  • Você pode desenhar uma linha com giz, utilizar fita crepe ou mesmo cordas e barbantes, para criar seus próprios caminhos e desafios, como lava de vulcão, desvios e outros obstáculos

Aproveite o dia das crianças para encher os pequenos de carinho e atenção. Visite nossa promo de dia das crianças para deixar essa experiência ainda mais especial.


REFERÊNCIAS:

https://happycodeschool.com/blog/o-que-e-inteligencia-cognitiva/

https://uniandrade.br/blog/inteligencia-corporal-cinestesica-e-inteligencia-musical-confira-mais-sobre-essas-duas-inteligencias/

https://www.ibirapuera.br/confira-tudo-sobre-inteligencia-linguistica/

https://institutoneurosaber.com.br/como-melhorar-o-desenvolvimento-sensorial/

https://blog.faculdadepm.edu.br/inteligencia-social-e-emocional

https://blog.playkids.com/como-fazer-uma-horta-em-casa-com-as-criancas/

https://modobrincar.rihappy.com.br/brincadeiras-para-trabalhar-emocoes/

https://happycodeschool.com/blog/desenvolvimento-cognitivo-infantil/

8 thoughts on “O QUE FAZER NO DIA DAS CRIANÇAS – DICAS DE BRINCADEIRAS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *